HYDROLIVE – No tratamento de manchas de pele.

HYDROLIVE – No tratamento de manchas de pele.

A hiperpigmentação é um aumento na produção de melanina, que resulta na variação do tom da pele. Dependendo do tipo de pele e da profundidade da descoloração, a cor pode variar do rosa ao vermelho, do marrom claro ao marrom escuro. A hiperpigmentação afeta determinadas regiões do corpo e está relacionada aos diferentes fatores como a origem racial, sexo, idade, desequilíbrios hormonais, gravidez, exposição solar e estresse.

Há também a hiperpigmentação pós-inflamatória (HPI), mais conhecida pelo nome de melasma. Essa é caracterizada por manchas escuras e achatadas e pode ser evidenciada nas situações cotidianas que são acompanhadas de inflamação, como a acne, queimaduras, dermatite atópica, cicatrização após ferimento, picadas de insetos, depilação e alguns procedimentos estéticos. O melasma é uma condição multifatorial que contribui esteticamente para uma aparência mais envelhecida que as próprias rugas da face. Os cuidados diários em uma pele nessa condição devem ser redobrados, e além de tratar as manchas o uso do filtro solar é indispensável para mantermos a pele saudável uniforme e com luminosidade.

HydrOlive é um extrato líquido natural da oliva de origem mediterrânea, composto por uma alta concentração de substâncias antioxidantes, como o hidroxitirosol, tirosol e outros polifenóis.  Esta combinação confere potente ação clareadora e efeito calmante contra as alterações da pele quando comparados a ação antioxidante da Coenzima Q10 e Vitamina E, portanto, HydrOlive promove clareamento e uniformização do tom da pele, além da proteção contra a radiação UVA e UVB.

Livre de conservantes, HydrOlive é considerado um cosmético preventivo sendo considerado um dos mais potentes varredores de radicais livres, principal causa de rugas, flacidez, manchas da idade e envelhecimento da pele, pois protege as células e o DNA contra os efeitos tóxicos. HydrOlive pode ser combinado com o famoso e consagrado peeling em cápsula Oli-Ola para potencializar os efeitos antioxidantes e clareadores.

Benefícios:

• Potente ação antioxidante e clareadora;

• Promove ação protetora e calmante contra as alterações na pele causadas pela exposição dos raios solares;

• Contém 20% de hidroxitirosol, ideal para potencializar os benefícios do Oli-Ola;

• Contribui para a diminuição do estresse oxidativo, agindo contra os radicais livres;

• Uniformiza e clareia o tom da pele;

• Aumenta a síntese de colágeno proporcionando elasticidade, firmeza e sustentação da pele;

• Previne o envelhecimento precoce;

• Contribui para diminuir a irritação pós- procedimentos estéticos;

• Pode ser utilizado por peles sensíveis;

• Colabora para a diminuição das citocinas pró-inflamatórias;

• Ação hidratante por estimular ácido hialurônico;

• Melhora a textura da pele;

Para mais informações, consulte um de nossos farmacêuticos ou outro profissional da saúde.

Rhodiola rosea – No combate do cansaço e estresse

Rhodiola rosea – No combate do cansaço e estresse

O estresse é uma reação do organismo que compromete tanto a saúde física quanto a emocional, desequilibrando os processos hormonais e nervosos baseado em um estado de alerta, que pode causar diversos sintomas, entre eles, distúrbios do sono, indisposição, problemas de distração, diminuição do rendimento, falha de memória, cansaço, ganho ou perda de peso, dor de cabeça, ansiedade.

O hormônio cortisol, conhecido como hormônio do estresse, é necessário para que o organismo saiba responder a situações estressantes, que dependendo da intensidade pode fazer com que o hormônio permaneça ativo por muito tempo e em níveis muito superiores as quantidades necessitadas pelo corpo. Esse desequilíbrio diminui a resposta dos mecanismos de defesa do nosso organismo, alterando o sistema imunológico, podendo gerar problemas de saúde como riscos cardíacos, gripes, resfriados, herpes, queda de cabelo, unhas fracas, problemas de pele, irritabilidade, ansiedade, depressão, confusão mental.

Rhodiola rosea é uma planta nativa da Sibéria ártica, internacionalmente conhecida como “Raiz de Ouro”. Utilizada pelas culturas da Europa Oriental e asiática para melhorar a resistência física, o rendimento de trabalho, a longevidade, resistência a doenças provocadas por altas latitudes, e para tratar fadiga, depressão, anemia, impotência, indisposição gastrintestinal, infecções e desordens do sistema nervoso.

Sua ação no sistema nervoso central estimula as funções cognitivas melhorando a atenção, memória, foco e aprendizado, por combater os radicais livres. Auxilia na regulação do humor e ansiedade, pois ajuda o corpo a regular a produção natural de cortisol, aumentando a resistência física e mental.

 

Rhodiola Rosea tem um potencial de ação adaptogênico e serve para ajudar o corpo a se adaptar a resistir ao stress ambiental, físico e químico, pois permite um efeito estimulante ou sedativo dependendo da necessidade do indivíduo diante de uma situação particular.

 

A intenção terapêutica de um adaptógeno é promover uma ótima resposta para as situações que desequilibrem o organismo, pois gera uma pré – adaptação do organismo ajudando a normalizar as funções vitais do corpo.

 

A Rhodiola é usada para aumentar a energia, resistência, força e capacidade mental, melhora o desempenho atlético, para doenças do coração, como batimento cardíaco irregular e colesterol alto. Agem na prevenção de gripes e resfriados, envelhecimento e danos no fígado. Ela também é usada para melhorar a audição, fortalecer o sistema nervoso.

Outros Benefícios:

·        Aumento do rendimento físico;

·        Reduz o estresse;

·        Antioxidante;

·        Age na fadiga crônica;

·        Estimulante sexual;

·        Melhora a memória e a capacidade de concentração;

·        Melhora a imunidade;

·        Auxílio ao tratamento de depressão;

·        Controle da ansiedade;

·        Combate as enxaquecas;

·        Ajuda na circulação cerebral;

·        Contribui para a queima de gordura, especialmente na região abdominal;

·        Efeitos benéficos na esquizofrenia e parkinson.

Para mais informações, consulte um de nossos farmacêuticos ou outro profissional da saúde.

CRANBERRY – Na prevenção da infecção urinária

CRANBERRY – Na prevenção da infecção urinária

A infecção urinária ocorre pela presença de micro-organismos no trato urinário. Na maioria, as causas dessa doença são as bactérias e podem ser causadas também por fungos ou vírus. A bactéria Escherichia coli representa quase 90% dos invasores do trato urinário. A intensidade da doença depende da capacidade imunológica do paciente, do microrganismo em questão e a capacidade de aderir à parede do trato urinário.

A doença possui maior incidência nas mulheres, sendo que muitas chegam a ter o problema três vezes por ano. As principais causas incluem relação sexual e a presença das bactérias do trato gastrointestinal que migram pela via região perineal até a bexiga.

A infecção urinária pode afetar a bexiga, essa denominada cistite que acompanha sintomas de dor, sensação de esvaziamento incompleto da bexiga, alteração na coloração da urina, ardência e dificuldade ao urinar. Outro tipo de infecção afeta o rim, chamada de pielonefrite, nos casos mais graves a urina pode conter presença de sangue, surgem sintomas como febre, calafrios e dor lombar.

Alguns cuidados podem ser tomados para prevenir a infecção urinária, cuidar da higiene pessoal, lavar as mãos ao utilizar o banheiro, ingerir bastante água, não reter a urina e esvaziar a bexiga antes e depois das relações sexuais.

Cranberry é uma planta nativa da América do Norte que apresenta em sua composição, componentes que podem impedir a adesão de certas bactérias, incluindo a Escherichia coli, que é a principal causa das infecções do trato urinário.

Cranberry é um coadjuvante do tratamento e na prevenção da infecção urinária, constituído de: ácido acético, ácido ascórbico, ácido cáprico, ácido cítrico, ácido málico, ácido valeriânico, arbutina, astragalina, sitosterol, cálcio, epicatequina, escopoletina, esculetina, ferro, magnésio, pectina, potássio, selênio, zinco e tanino. Por conter proantocianidinas (PACs), que inibe a adesão das bactérias, incluindo a Escherichia coli, ao epitélio do trato urinário e conseqüentemente ocorre a diminuição da reprodução da bactéria que causa a infecção.  As propriedades de anti-adesão do Cranberry podem também inibir as bactérias associadas à úlcera estomacal.

 

Benefícios:

– Reduz número de infecções;

– Reduz a probabilidade de aparecimento de bactérias resistentes;

– Diminui a incidência de utilização de antibióticos;

– Potente ação antioxidante;

– Reduz infecção do trato urinário (tratamento e prevenção);

– Coadjuvante no tratamento de doença periodontal;

– Tratamento de úlcera estomacal causada por H. pylori;

– Antienvelhecimento;

 

Para maiores informações, consulte um de nossos farmacêuticos ou outro profissional da saúde.

PUERARIA MIRIFICA – Alternativa nas desordens da menopausa

PUERARIA MIRIFICA – Alternativa nas desordens da menopausa

O estrógeno é um hormônio que tem importante função no corpo feminino, como por exemplo, no desenvolvimento dos seios fartos, cabelos bonitos, pele refinada e quadril e cintura modeladas. A diminuição dos níveis desse hormônio traz consequências visíveis e sintomas indesejáveis.

É na época da menopausa, que  sua produção interna em nosso organismo diminui, podendo ser influenciada também pelo estresse mental e as mudanças do meio-ambiente.

A pueraria mirifica é uma erva indígena tailandesa conhecida por “kwao kreu kao” que contém propriedades rejuvenescedoras, além de agir como um revigorante físico. Vegetal da família do feijão – papilionaceae é comum na região de matas tropicais do norte da Tailândia. Utilizada por homens e mulheres contribui para a manutenção da saúde.

A pueraria mirifica tem como seu principal constituinte os fitoestrogênios (puerarin e miroesterol), que reforça o bom funcionamento dos hormônios femininos, auxiliando na manutenção da beleza, no aumento e enrijecimento dos seios, pois proporciona desenvolvimento dos tecidos mamários. Também aumenta o tecido adiposo e ligamentos em volta dos seios que fornecem o suporte e a forma. Muito utilizado nas desordens da menopausa, melhora a libido, fortalecimento dos cabelos, aumento da energia, nutrição e rejuvenescimento da pele.

Na menopausa, ocorre a perda acelerada de massa óssea, que contribui para a diminuição da absorção de minerais e de cálcio.  Essa fragilidade dos ossos é causada pela diminuição do estrogênio. Pueraria mirifica age na remodelação óssea em mulheres saudáveis no pós menopausa, pois possui atividade de reabsorção, que contribui na melhora da saúde óssea, além de aliviar relativamente o climatério em mulheres na menopausa.

 

Benefícios para Mulheres:

 

– Revigorante para o corpo e a mente;

– Sintomas e consequências da TPM;

– Ajuda a controlar desordem comportamental da menopausa;

– Auxilio contra a síndrome da menopausa;
– Nutrição e rejuvenescimento da pele;
– Melhora a saúde sexual da mulher e a libido;.
– Ajuda a reduzir o colesterol e melhora as condições cardiovasculares;
– Combate a queda prematura dos cabelos;

-Fortalecimento dos cabelos;

– Na prevenção e no tratamento da osteoporose;
– Estimula a circulação sanguínea;
– Melhora a memória;
– Propriedades anti-idade, reduz as rugas, pele radiante;

 

Nos homens a pueraria mirifica auxilia no combate a queda de cabelos envolvidos com fatores como: hereditariedade, alterações Hormonais, hipotireoidismo, hipertireoidismo e também pela carência nutricional.

 

Para mais informações, consulte um de nossos farmacêuticos ou outro profissional da saúde.

VITEX AGNUS CASTUS – Age na Síndrome do Ovário Policístico (SOP)

VITEX AGNUS CASTUS – Age na Síndrome do Ovário Policístico (SOP)

A síndrome do ovário policístico é um distúrbio que provoca alterações hormonais que interferem no processo de ovulação do ciclo menstrual. É uma doença caracterizada pela menstruação irregular, alta produção do hormônio masculino (testosterona) e presença de micro cistos nos ovários.

A doença afeta cerca de 20% das mulheres em idade reprodutiva. Mas, o que poucas pessoas sabem é que uma dieta alimentar equilibrada é fundamental no tratamento dessa Síndrome, pois o ganho de peso excessivo já é um precedente da doença. A obesidade, diabetes podem estar relacionadas a SOP e é nesses casos que muitas mulheres descobrem que são portadoras da SOP, por apresentam dificuldade de engravidar.

Outros sintomas da SOP incluem: a ausência de ovulação por um longo período e ciclos menstruais irregulares.

Estudos sugerem que uma nova dieta alimentar contribui para um melhor funcionamento do organismo auxiliando na perda de peso, estabilidade no ciclo menstrual, diminuição de manchas na pele, também originadas da Síndrome, além de melhorias nos índices de triglicerídeos e glicose. Reduzir o consumo de alimentos ricos em carboidratos, substituição de alimentos industrializados por frescos, aumento no consumo de frutas, verduras e legumes. A associação alimentar combinada a uma terapia individualizada pode significar, principalmente, mais qualidade de vida às mulheres acometidas pela Síndrome do Ovário Policístico.

Vitex agnus castus é uma planta nativa da região Mediterrânea até a Ásia Ocidental. É usada desde a antiguidade para tratar males femininos, como a TPM (tensão pré-menstrual), aliviando os sintomas da síndrome pré-menstrual, diminuindo os níveis de testosterona para restaurar a fertilidade em pacientes com Síndrome do Ovário Policístico.

Vitex agnus castus inibe a liberação do Hormônio Folículo Estimulante (FSH), e estimula a liberação do Hormônio Luteinizante (LH), levando a um aumento indireto de progesterona, normalizando os níveis de prolactina. Os principais ativos aucubina e agnosídeos inibem a lactação. Além disso, a droga reprime a liberação de prolactina e melhora os sintomas da TPM (Tensão Pré Menstrual).

Benefícios:

– Tratamento da Tensão Pré-menstrual (TPM);

– Diminui ansiedade, tensão nervosa, insônia;

– Coadjuvante no tratamento da Menopausa;

– Indicado também na Amenorréia, Dismenorréia, Endometriose;

– Ciclos menstruais irregulares;

– Coadjuvante no tratamento da SOP;

Para mais informações, consulte um de nossos farmacêuticos ou outro profissional da saúde.