As 7 Principais Causas da Obesidade

As 7 Principais Causas da Obesidade

Mesmo que muitas pessoas acreditem que sim, estar acima do peso não significa, exatamente, que você é uma pessoa obesa. Mas, o sobrepeso precisa fazer com que você sinta a necessidade de acender a famosa “luz vermelha” e estar mais alerta com os seus hábitos e sua saúde.

Um levantamento realizado pelo ministério da saúde apontou que, hoje, uma em cada cinco pessoas, apresentam obesidade e – o que mais assusta – é que cerca de 54% da população brasileira está acima do peso.

Com esse percentual absurdo, as complicações causadas pela obesidade ficam cada vez mais aparentes, como é o caso da impotência sexual, doenças cardíacas, hipertensão e até diabetes.

A questão estética, como você pode ver, está longe de ser um dos principais fatores para que você, que sofre com sobrepeso e corre risco de desenvolver obesidade, se preocupe com a doença. Na verdade, considerando todas as doenças causadas pela obesidade, a questão estética é um dos seus menores problemas.

 

Mas, quais são as principais causas da obesidade? O que fazer para não sofrer com a obesidade?

A obesidade possui várias causas, as principais vamos esclarecer aqui, como você já sabe. Mas, é importante que você saiba que existem diversas causas e que envolvem diversos fatores, como, por exemplo: genética, estilo de vida, emocional e até mesmo a sua criação pode influenciar.

E não é apenas isso, você pode correr o risco de apresentar obesidade por uma condição médica, como é o caso da síndrome de Prader-Willi e/ou a síndrome de Cushing.

As principais causas da obesidade, sendo elas as mais comuns, são:

1- Estresse

Sabia que o cortisol, que é um hormônio ligado à várias regulagens de funções metabólicas no organismo, é liberado em altíssima quantidade quando você fica estressado?

O que significa que, se você é uma pessoa muito estressada, é muito comum que você acabe com sobrepeso, afinal, as tensões do dia a dia corrido faz com que você fique ansioso e seu apetite aumente consideravelmente.

Na verdade, o estresse afeta o corpo de uma maneira extremamente drástica, não só liberando o cortisol, como também provocando várias outras alterações químicas. Uma das consequências do estresse, além do AVC e aneurismas, é a obesidade.

2- Problemas Hormonais

Os problemas hormonais são apontados como um dos causadores da obesidade por uma questão simples: quando você possui resistência à leptina, conhecido como “hormônio da fome”, a tarefa de controlar sua fome e até sua saciedade acaba por ficar bem mais difícil.

Então, diferente do que você e muitas outras pessoas pensem, talvez o seu excesso de peso e risco de obesidade esteja menos relacionado ao que você consome e muito mais relacionado ao problema que você possui.

Sua ida ao médico é extremamente importante para que você equilibre os seus hormônios de forma segura e não corra o risco de sofrer com a obesidade ou com qualquer outra doença.

3- Uso de alguns medicamentos (corticosteróides)

Dentre as principais causas da obesidade, o uso de alguns medicamentos pode fazer com que você tenha um “empurrãozinho” em direção à obesidade. Claro que esse não será o principal fator, mas, se já existe o risco de desenvolver a doença, é importante deixar esses medicamentos de lado.

O uso exagerado desses medicamentos pode fazer com que você tenha problemas de saúde sérios, como diabetes, alterações de hormônios, úlcera gástrica e, claro, obesidade.

4- Irregularidade no sono

A irregularidade no sono ativa genes da obesidade. Ou seja, se você, sendo um adulto, não dorme de 7 a 9 horas por noite, como é indicado por médicos e especialistas na área, você pode estar prejudicando diversas funções do seu organismo.

Mesmo que a insônia pareça inofensiva, é importante que você considere que, para ser um adulto saudável, você precisa estar em equilíbrio. Então, se você não consegue dormir a quantidade de horas que precisa, o mau humor e a sonolência vão vir como “sinais”, mas, em longo prazo, você pode sofrer não apenas com a obesidade, mas também com várias outras doenças.

5- Metabolismo

Com o metabolismo lento, é normal que a digestão seja mais demorada e, com isso, o seu corpo acaba por receber os nutrientes e obtenção do ciclo normal e natural do corpo de forma mais lenta, interferindo no gasto calórico também.

As pessoas que sofrem com a obesidade, na sua grande maioria, apresentam o metabolismo extremamente lento. E isso é um problema, afinal, o metabolismo lento faz com que as reações catabólicas sejam aumentadas, gerando a SM (síndrome metabólica.

Essa síndrome faz com que você tende a ter obesidade abdominal com aumento da pressão arterial, maior gordura no fígado, glicemia de jejum e triglicerídeos e, para finalizar, também causa diminuição do nível de colesterol HDL, que é conhecido por ser o “colesterol bom”.

6- Fluxo intestinal

Como você mesmo já sabe, a obesidade nem sempre é causada pela falta de controle, meta ou, até mesmo, pela vontade incontrolável de comer. A obesidade é complexa e possui várias causas, como, por exemplo, o fluxo intestinal.

Mesmo que você acredite ser impossível, saiba que, quando o fluxo intestinal não é constante – tudo aquilo que é ingerido não é eliminado (fezes), o que contribui para reserva – o seu peso aumenta.

Além do fluxo intestinal inconstante, o que influencia para o aumento de peso, correndo grandes riscos de levar à obesidade, são os micróbios que estão presentes na nossa flora intestinal.

Esses micróbios podem ser manipuladores, podendo favorecer o seu corpo, como não favorecer também. Quando os interesses desses micróbios não te favorece, é normal que eles alterem o comportamento alimentar e cause compulsões.

Talvez você esteja se perguntando o motivo para isso e, claro, o que define que os micróbios presentes no seu intestino vão te favorecer ou não.

E, a resposta não podia ser mais simples, o que define é a alimentação, então, é fundamental que você pense mais sobre o que você come, assim você irá conseguir um equilíbrio de bactérias e o seu corpo será favorecido por isso.

7- Sedentarismo

O sedentarismo é a “lei do mínimo esforço” e, claro, com a internet cada vez mais presente na vida das pessoas, o quadro de sedentarismo só está se agravando. O sedentarismo já passou de ser uma preocupação estética, hoje é um problema gravíssimo de saúde pública.

E sim, o sedentarismo leva à obesidade. E é extremamente simples de entender o motivo: você realiza o mínimo de esforço, não faz atividade física, não gasta as calorias que consome no dia a dia e, consequentemente, o número da balança só aumenta.

 

E agora, o que fazer?

Para você que apresenta sobrepeso/obesidade, a Organização Mundial de Saúde propõe a redução moderada na ingestão de energia como estratégia para redução de massa corporal, associada a exercícios físicos e as mudanças nos hábitos cotidianos.

O tratamento inicial do indivíduo obeso ou com sobrepeso visa promover perdas de 5-10% do peso inicial em até seis meses de tratamento, com manutenção do novo peso em longo prazo. Neste caso, o esperado é uma perda média de peso de 0,5 a 1 kg por semana.

A meta do acompanhamento deve ser o entendimento do próprio indivíduo a respeito do seu próprio corpo, do autocuidado, do resgate da sua autoestima e o controle das doenças associadas.

Geralmente, as pessoas buscam programas de perda de peso rápido; entretanto, deve-se ter em mente que essas mudanças, para a busca de uma vida saudável, podem ser de médio ou longo prazo, ou seja, em prazo maior que a expectativa.

Dietas mirabolantes ou extremamente radicais não são – nem de longe – aconselhadas, pois, mesmo que levem à perda de peso, ele tende a voltar, fazendo com que você corra o risco de sofrer com o efeito sanfona, tão ou mais prejudicial que a obesidade em si.

O diagnóstico e o tratamento devem ser feitos acompanhados por um médico farmacêutico ou nutricionista, especialmente nos casos de crianças, adolescentes e gestantes obesos.

 

Como combater as causas da obesidade?

Você já sabe quais são as principais causas da obesidade, porém, você deve estar se perguntando como descobrir quais das causas citadas anteriormente está impedindo você de perder peso, não é mesmo?

Para isso não existe uma fórmula mágica, mas sim, consultar quem realmente entende de saúde para lhe auxiliar nesse desafio que é a perda de peso.

Aqui na Phytoart nós contamos com farmacêuticos capacitados para auxiliar você. Entre em contato conosco e solicite seu atendimento farmacêutico. Estamos esperando para poder lhe ajudar da melhor maneira possível.

Atendimento Farmacêutico

CHITOSAN – Bloqueador de absorção de gordura.

CHITOSAN – Bloqueador de absorção de gordura.

O que é CHITOSAN?

Chitosan é um inibidor de gordura rico em fibras de crustáceos. Trata-se de uma substância com potencial de revolucionar o processo de perda de peso e, assim reduzir à incidência de algumas das principais disfunções que acometem a população, como a obesidade.

Chitosan atrai as moléculas de gordura, se ligando a elas, e passando pelo trato gastrointestinal sem que sejam absorvidas. Dissolvido no estômago é convertido em gel que engloba a gordura, evitando assim a sua absorção e subseqüente armazenamento, dando a sensação de saciedade, reduzindo a vontade de comer. Capaz de eliminar pelas fezes de seis a oito vezes o seu peso em gordura.

Combinado ao Ácido ascórbico, sua habilidade em absorver a gordura é aumentada, dobrando a sua eficiência. O Ácido cítrico quando combinado ao Chitosan, promove o seu intumescimento, proporcionando um aumento da saciedade e supressão do apetite, resultando na total redução da ingestão de alimentos.

 

Propriedades

Chitosan tem uma capacidade única de diminuir o colesterol LDL (a forma prejudicial do colesterol), enquanto mantém o colesterol HDL (a forma benéfica).

Tem sido utilizado para tratar acne, pois, consegue inibir o crescimento da bactéria que causa a inflamação associada à acne.

Testes utilizando aplicações tópicas de Chitosan, indicaram que ele promove a cura mais rápida de feridas ou abcessos infectados por Staphylococcus sp. As aplicações tópicas de Chitosan, diminuem o tempo de coagulação, o  que é vital para a cura de feridas como úlceras.

Chitosan aumenta o pH da boca e liga-se as bactérias que causam a formação de placas e subsequente deterioração dos dentes

Alguns estudos clínicos mostraram que Chitosan funcionou como um agente anti-hipertensivo e diminui a pressão do sangue em ratos machos que foram alimentados com alta concentração de sal.

Todas as propriedades de Chitosan são valiosas, mas sua extraordinária capacidade de bloquear ou se ligar às gorduras promete ser a mais valiosa de todas. Elimina a gordura após ter sido absorvida pelo tecido adiposo, sendo muito mais difícil do que neutralizar seus efeitos antes que ela caia na circulação sanguínea.

Chitosan acompanha esta formidável tarefa em converter a gordura numa forma que o organismo não absorva. Ele torna-se uma substância inerte que é prontamente eliminada pelo organismo.

É indicado como auxiliar nos regimes de emagrecimento, auxiliar nos processos digestivos e diminuição da absorção de gorduras e colesterol LDL.

Recomenda-se que Chitosan seja associado à vitamina C, pois esta potencializa o seu efeito. As cápsulas devem ser tomadas antes das refeições. Deve-se ingerir de 8 a 10 copos de água por dia nos intervalos das refeições.

 

Está com alguma dúvida? Quer um atendimento personalizado?
Converse conosco clicando no botão abaixo!

Atendimento Farmacêutico

 

 

CITRIMAX –  Elimina peso e queima a gordura!

CITRIMAX – Elimina peso e queima a gordura!

A obesidade é um problema de saúde crescente, que está associada a um aumento do risco de desenvolvimento de hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo II, aumento dos níveis de triglicerídeos e colesterol, problemas no fígado, disfunções respiratórias, problemas ósseos e articulares devido ao peso, entre outros.

O acúmulo excessivo de gordura corporal resulta em desequilíbrio entre gasto energético e ingestão de calorias, isso acarreta prejuízos à saúde dos indivíduos e traz o diagnóstico de obesidade. O excesso da ingestão de alimentos resulta em aumento das reservas de gordura, e conseqüentemente o aumento do peso corporal.

Muitos programas de emagrecimento ressaltam a importância da prática da atividade física, e hábitos como esse contribui para que ocorra a redução do peso corporal pois o indivíduo deve diminuir a ingestão de energia através da alimentação e aumentar o seu consumo através de exercícios físicos.

A perda de peso tem que ser saudável, de modo gradual para não ocorrer o que chamamos de desequilíbrio metabólico que induz o famoso efeito rebote indesejável, onde o indivíduo acaba ganhando o dobro do peso que perdeu.  Emagrecer com saúde consiste em reduções graduais do peso corporal total que são mais desejáveis e reflete na distribuição saudável da massa corporal.

A maioria dos indivíduos obesos apresenta altos níveis do hormônio leptina que interfere no ganho e perda de peso. A leptina atua no sistema nervoso central como fator de sinalização para regular o equilíbrio do peso corporal e o estado de reserva energética do organismo.   .

Citrimax é uma forma patenteada de ácido hidroxicitrico (HCA) ligado a cálcio e potássio que inibe a produção e aumenta a queima de gordura, além de inibir o apetite, aumentando a saciedade e consequentemente diminuindo a ingestão calórica, além de diminuir a produção do hormônio leptina com o intuito de restaurar o equilíbrio e sua função.

 

Benefícios:

– Gerenciamento de peso;

– Aumenta a saciedade;

– Reduz a ingestão calórica;

– Aumenta a queima de gordura;

– Inibe a produção de gordura;

– Reduz os níveis de colesterol total e LDL

– Regula os níveis de leptina;

Citrimax não estimula o sistema nervoso central, e ainda conta com certificado GRAS e Non-GMO (Não geneticamente modificado), além de ter sua segurança comprovada por estudos.

 

Está com alguma dúvida? Quer um atendimento personalizado?
Converse conosco clicando no botão abaixo!

Atendimento Farmacêutico

 

 

LOWAT® – Elimine o excesso de gordura corporal e melhore sua qualidade de vida!

LOWAT® – Elimine o excesso de gordura corporal e melhore sua qualidade de vida!

A obesidade caracteriza-se pelo acúmulo excessivo de gordura corporal. Alguns fatores como o cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC), circunferência abdominal, podem auxiliar na definição de diagnóstico em adultos e assim estabelecer os possíveis riscos relacionados à obesidade.

O indivíduo obeso tem maior tendência a desenvolver diversos problemas metabólicos, entre eles estão a hipertensão, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, altas taxas de colesterol. Além disso, a obesidade predispõe a outros problemas de saúde. Há estudos que correlacionam a obesidade em mulheres com o câncer de vesícula, endométrio, mamas, alterações dos ciclos menstruais e redução de fertilidade. Já em homens a correlação está para o câncer de cólon, reto e próstata.

As causas da obesidade são variáveis e podem estar ligada ao fator genético da pessoa, maus hábitos alimentares e ao baixo gasto energético.

A grande inciativa que intervém na obesidade é a mudança do estilo de vida onde se incluem dieta saudável, exercícios físicos e acompanhamento com profissionais da saúde. Os objetivos dessa terapia comportamental são a promoção de melhores hábitos aos pacientes para auxiliar não só na perda do peso, mas também à manutenção do peso perdido.

Com a intenção de desenvolver um produto eficaz e seguro que auxilie no gerenciamento de peso, foram analisados centenas de extratos de plantas medicinais com a capacidade de inibir o acúmulo de gordura nas células. Entre as plantas selecionadas, surgiu Lowat®.

Lowat® é um produto patenteado com extratos padronizados das folhas de Piper betle e sementes de Dolichos biflorus. É seguro, eficiente e seu alvo é o tecido adiposo, tendo a capacidade de inibir o acúmulo de gordura nas células promovendo a perda de peso. Seu mecanismo envolve o aumento da lipólise, que significa a quebra da gordura armazenada, e a diminuição da adipogênese, ou seja, diminuição da geração de gordura nas células dos adipócitos, que são células que armazenam gordura.

Estudos científicos evidenciam resultados em indivíduos que fizeram uso de Lowat® e que seguiram uma dieta de 2000 calorias por dia, com caminhada de 30 minutos em 5 dias por semana. Os resultados demonstram que esses indivíduos perderam em 8 semanas uma média de 4,3Kg, enquanto os indivíduos do grupo placebo perderam apenas 1,8Kg.

Benefícios:

– Age como coadjuvante na redução da gordura corporal e do IMC (Índice de Massa Corpórea);

– Aumenta a lipólise, ou seja, age na quebra de gordura armazenada;

– Diminui o acúmulo de gordura nos adipócitos, diminuindo o peso corporal;

-Prevenção de diabetes tipo II;

-Manutenção da saúde cardiovascular;

-Prevenção e coadjuvante no tratamento de síndromes metabólica;

-Coadjuvante na redução de peso;

– Auxilia no tratamento de esteatose hepática;

– Aumenta o metabolismo corporal;

– Diminui os níveis de grelina, o “hormônio da fome”.

 

Está com alguma dúvida? Quer um atendimento personalizado?
Converse conosco clicando no botão abaixo!

Atendimento Farmacêutico

 

 

Adipo-Trap – Contra a celulite, modelador e emagrecedor

Adipo-Trap – Contra a celulite, modelador e emagrecedor

A celulite é uma das principais causas de desconforto nas mulheres, devido à aparência que se confere à pele.  O nome técnico para essa inflamação é Lipodistrofia Ginóide, que é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células.  A celulite é caracterizada pela presença de ondulações e nódulos na pele que surgem nas regiões que melhor definem o contorno do corpo feminino. Em estágios mais avançados, esses nódulos são conhecidos por ganhar aspecto semelhante à “casca de laranja”, caracterizada pela presença dos furinhos indesejados.

Ela atinge principalmente mulheres na puberdade, gravidez e durante o uso de pílulas anticoncepcionais, podendo ter como origem a predisposição hereditária, variações hormonais e alterações enzimáticas. Esse aspecto visual, às vezes, pode vir acompanhado de dor devido a compressão de vasos e nervos afetando a circulação, alteração no tecido gorduroso, ou seja, aumento das células de gordura na pele que será evidenciado por presença de edema (inchaço), fibras colágenas e elásticas frágeis, espaçadas e rompidas

A celulite é classificada em 4 graus:

-Grau 1: A celulite é invisível e só aparece quando se apalpa ou aperta a pele.

– Grau 2: As células gordurosas aumentam de volume, e os vasos ficam espremidos, iniciando a formação de edema na pele.

– Grau 3: Um maior número de células gordurosas que contribui para o aparecimento de nódulos mais profundos, as fibras se endurecem e a circulação fica mais comprometida, levando muitas vezes a pessoa sentir dor. Nessa fase já é possível observar a pele com aspecto de “casca de laranja”.

– Grau 4: O inchaço das células gordurosas é acentuado, a celulite é dura e a pele fica lustrosa, com diversas depressões. Há aumento de dor e a circulação fica comprometida.

Um dos fatores que colaboram para o desenvolvimento da celulite é o excesso de peso, dieta rica em gordura, metabolismo lento, sedentarismo, alterações hormonais, além de fatores externos como cigarro, estresse, má alimentação, desidratação e falta de exercícios físicos.

Em outras situações podemos afirmar que mulheres com peso ideal ou magras também podem sofrer essa alteração na pele, devido a um desequilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e massa muscular.  Se esse excesso de gordura estiver associado à ação dos hormônios, ou a alterações na microcirculação e nos vasos linfáticos, acabará formando a celulite, mesmo em mulheres com peso ideal ou magras.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, oito a cada dez mulheres têm alguma alteração na pele que pode ser relacionado aos diferentes graus de celulite. Essa situação é mais comum em mulheres do que em homens, devido à predisposição em se acumular gordura nas coxas, quadris e nádegas, que são as regiões mais propícias ao aparecimento de celulite. Isso se deve aos hormônios, que são produzidos nas mulheres, entre eles o estrogênio – hormônio que contribui para a retenção de líquido e então o aumento do tecido gorduroso, esse por sua vez se acumula nas coxas e glúteos, pois é a região no qual o tecido adiposo da mulher é diferente do homem, devido à presença de fibras que nas mulheres são finas e perpendiculares à pele facilitando o acumulo de gordura e então a presença dos famosos furinhos. Já no homem, se difere pela presença do hormônio testosterona e por seu tecido adiposo conter fibras mais grossas e rígidas que se ligam à musculatura.

Além dessa grande vilã, sabemos que o acúmulo de gordura contribui também para o aumento das medidas corporais, isso se deve ao excesso do tecido adiposo que tem a função de armazenar energia na forma de lipídeos, e modelar o corpo além de atuar como isolante térmico.

O Adipo- Trap é um emagrecedor, remodelador e anticelulite. É um ingrediente ativo derivado do Sundew (Drosera Ramentacea), planta carnívora caracterizada por fitocomplexos com propriedades anti-inflamatórias e bioativas que é capaz de intervir no metabolismo dos lipídeos e reduzir o tamanho das células de gorduras.  Um dos mecanismos de ação do Adipo-Trap envolve a recuperação completa do tecido cutâneo devido a suas propriedades químicas que atingem as camadas mais inferiores da pele permitindo melhorar as condições da pele afetada pela celulite.

Além da ação contra a celulite, o Adipo-Trap vai intervir no metabolismo dos lipídeos e no ciclo celular dos adipócitos, que são células de gorduras. Sua ação vai desde a redução do acúmulo de gordura à ação no processo de diferenciação celular que acontece no tecido adiposo. Essa diferenciação chamada de adipogênese, converte as células pré-adipócitos para adipócitos, portanto ele vai intervir na quantidade de gordura que é armazenada por essas células modulando o metabolismo e diminuindo o acúmulo de gordura nos adipóctos.   Devido a esse mecanismo, além de tratar a celulite o Adipo-Trap tem um desempenho no emagrecimento e também na remodelação do corpo.

Estudos relatam que a ação do Adipo-Trap em tratamento para a celulite tem o objetivo de reduzir a inflamação e dor causada pela celulite em 23,5% após 4 semanas de tratamento, parâmetro importante pois o sinal de inflamação compromete a microcirculação, fator que desencadeia a inflamação e dor.

Outros benefícios incluem:

– Melhora a textura da pele e efeito “casca de laranja”;

– Redução da celulite e dor associadas a ela

– Remodelador e emagrecedor

– Redução de medidas

-Redução da circunferência da coxa, devido a redução da gordura subcutânea

– Possui atividade anti-inflamatória

Além dos cuidados com a pele, sabemos que mudanças no estilo de vida são fundamentais para potencializar qualquer tratamento, portanto cuidar da alimentação é uma maneira de acelerar a eficácia dos tratamentos dermatológicos. Alimentar-se adequadamente, evitando o sal de modo exagerado, alimentos conservados, processados, ingerir grande quantidade de água fracionada várias vezes ao dia com a finalidade de eliminar toxinas, evitar bebidas ricas em açúcar e calorias, praticar exercícios físicos que melhoram a circulação além de queimar a gordura localizada que contribui para a formação da celulite. Alguns hábitos, como intercalar sapatos altos e baixos, evitar roupas muito justas, levantar da cadeira a cada 2 horas, no caso de trabalhar sentada, andar mais a pé são atitudes que contribuem para a melhora da circulação.

Bons hábitos e a potente tripla ação do Adipo-Trap que age contra a celulite, irão contribuir para uma pele bonita e recuperada dos “furinhos” indesejados. .

 

Está com alguma dúvida? Quer um atendimento personalizado?
Converse conosco clicando no botão abaixo!

Atendimento Farmacêutico

 

 

Green Select Phytosome – Ação termogênica livre de cafeína, no emagrecimento

Green Select Phytosome – Ação termogênica livre de cafeína, no emagrecimento

O excesso de peso é um dos fatores de risco mais importantes da atualidade, pois além dos fatores genéticos, a obesidade também está relacionada com as doenças metabólicas, conhecida como síndrome metabólica que se estende por uma associação de desequilíbrios, que incluem alimentação com baixa qualidade nutricional, neural, comportamental. E esses são as maiores causas de morbidade e mortalidade dos países desenvolvidos e em desenvolvimentos.

O indivíduo com excesso de peso corporal maior que o ideal tem uma grande probabilidade de desenvolver principalmente doenças cardiovasculares, diabetes, colesterol e triglicérides. Isso ocorre, devido a um desequilíbrio entre energia ingerida e a energia desprendida, ou seja, a quantidade de caloria ingerida e a caloria gasta, portanto, mudanças nos hábitos alimentares, melhora no estilo de vida com realização de atividades físicas são formas convencionais de conseguir uma redução de peso, situação que ainda se mantém baixa nas estatísticas mundial. Com tudo, sabemos que na maioria dos casos, a rotina agitada nos impede de manter bons hábitos, como por exemplo, realizar atividades físicas, e incluí-las no programa de emagrecimento tornando-a um fator crucial para aumentarmos o gasto energético.

O Green Select Phytosome é um fitoativo a base de catequinas, que é um fitonutriente com uma excelente ação antioxidante. Por ser um extrato purificado e enriquecido com o Galato de Epigalocatequina (GEGC) que é a principal substância que promove essa ação antioxidante, podendo ser mais potente que a ação da Vitamina C e E, e seu grande diferencial destaque está pelo fato do ativo ser descafeinado e ainda assim conseguir manter sua função no emagrecimento.

Apesar da cafeína ser um potente ativo com ação termogênica; em estudos realizados não se observaram atividade superior a quem ingeriu GEGC (Galato de Epigalocatequina), que está presente no Green Select Phytosome possuindo propriedades termogênicas que estimulam as células do tecido adiposo além de promover a oxidação da gordura, no entanto houve maior gasto energético quando comparado ao uso da cafeína.

O GEGC é importantíssimo para a prevenção e tratamento da obesidade e síndrome metabólica, pois sua ação reduz os triglicerídeos e colesterol, pressão arterial, e também na obesidade abdominal por meio de circunferência abdominal e redução de peso.

As catequinas aumentam a taxa metabólica, que permite a aceleração do metabolismo e conseqüentemente a queima de gordura abdominal, permitindo a redução de medidas e a melhorar a saúde por auxiliar na perda de gordura visceral que é um dos fatores de riscos mais perigosos da síndrome metabólica.   Com tudo, ainda assim possui ação protetora ao nosso fígado, órgão com função metabolizadora.

O Green Select sofre ação da tecnologia Phytosome, que é uma tecnologia patenteada e desenvolvida para aumentar a biodisponiblidade, ou seja, para melhorar a velocidade no qual o ativo será absorvido pelo organismo, o tornando disponível para a ação terapêutica. Com essa tecnologia, ocorre uma otimização desses parâmetros, como o aumento da absorção desse fitoativo, tornando uma ação terapêutica mais efetiva.  Ou seja, Green Select Phytosome possui uma ação termogênica otimizada e desprovida das ações estimulantes causadas pela cafeína no Sistema Nervoso Central e Periférico, que o faz ter mais uma vantagem, pois pode ser utilizado por pessoas sensíveis à cafeína e portadores de doenças cardiovasculares.

Dessa forma, o Green Select Phytosome traz outros benefícios como:

– Redução de 15Kg em até 90 dias.

– Ação termogênica, bloqueando a formação de gordura e redução do peso corporal.

– Controle da saciedade

-Redução do estresse;

-Diminuição da ansiedade e dos sintomas da depressão

-Ação diurética e anti-celulite;

-Ação antioxidante;

– Redução da glicemia, colesterol e triglicérides.

– Eficácia clínica comprovada para a redução de IMC, gordura corporal e circunferência da cintura.

– Potente aliado contra a síndrome metabólica;

– Ausente de cafeína, podendo ser utilizado por indivíduos mais sensíveis à essa substância e portadores de doenças cardiovasculares.

– 100% mais biodisponível que o extrato de catequina obtido sem a tecnologia Phytosome

O Green Select Phytosome tem sua ação efetiva mesmo que o indivíduo não tenha incluído em sua rotina a realização de exercícios físicos, mas assim como qualquer outra medida adotada para a redução de peso, requer melhora do estilo de vida, através de reeducação nutricional e bons hábitos de vida, pois seu efeito é potencializado quando associado a intervenções saudáveis que envolve tanto a reeducação alimentar quanto a pratica de exercícios físicos.

 

Está com alguma dúvida? Quer um atendimento personalizado?
Converse conosco clicando no botão abaixo!

Atendimento Farmacêutico